Taquaritinga, 06 de Julho de 2015 - Ano 14   
Muitas nuvens com curtos períodos de sol e pancadas de chuva com trovoadas à tarde

Máxima 25

Mínima 12

Nublado com Pancadas à Tarde

CPTEC/INPE - 06/07/2015
» 1ª Página
» Assine
» Anuncie
» Pontos de Venda
» Tribuna do Leitor
» Expediente
» Fale com a gente


Proprietários de imóveis que não possuem registro há cinco anos não precisam mais pagar taxa
30/11/2009 por Tribuna

Que tal concluir uma construção, não arcar com taxas para registro do imóvel e, mesmo assim, após cinco anos, poder escriturar o bem gratuitamente? Para quem conclui uma obra, ter de arcar com taxas exorbitantes e burocracia sem limites é motivo até de desespero. Mas acalme-se, contribuinte. Para tudo dá-se um “jeitinho brasileiro”.
A moda do momento tem sido a seguinte: fugindo dos impostos, proprietários de imóveis recém-construídos aguardam a passagem de cinco anos — tempo em que se prescrevem alguns impostos — para registrar o bem. Antes, esse tempo só prescrevia com 10 anos. O Supremo Tribunal Federal declarou inconstitucional a regra de 10 anos para prescrever a dívida.
Atualmente, para efetuar a averbação ou registro do imóvel é necessária a retirada da Certidão do Habite-se junto à prefeitura. O documento não possui um valor delimitado. A taxa de Habite-se é calculada levando-se em consideração a área total construída, multiplicada pelo valor do metro quadrado. Varia conforme o município e o tamanho da obra. O resultado é que, como todo imposto no Brasil, o Habite-se não sai barato.
É o caso, em Taquaritinga, de bairros como o Vale do Sol, Santo Antônio e Paraíso e outros que tiveram as casas construídas antes de 1993. Como o prazo de prescrição vence neste ano, provavelmente o documento sairá mais barato, sendo necessário apenas as taxas de cartórios. A medida beneficia os proprietários que precisam vender, financiar ou providenciar o inventário do imóvel.
A informação é do assessor para consultorias de projetos e regulamentação de obras, Dê Mazzi. Segundo ele, após cinco anos, o dono do imóvel pode se dirigir à sede mais próxima do INSS para regularizar os débitos fiscais referentes à obra. Como o prazo para a retirada da Quitação Fiscal se exauriu, o INSS emite a Certidão Negativa de Débito (CND) sem o pagamento de taxas, uma vez que o período para o ato prescreveu. (fonte: Jornal Opção)


         O que achou desta notícia?        Enviar para... Enviar notícia
por email
Seja o primeiro a comentar
.: Últimas notícias
06/07 - Fulvio Zuppani deixa o PT e anuncia corte de gastos na Prefeitura
06/07 - Empresário de Monte Alto arremata prédio da Peixe por R$ 4 milhões
06/07 - Taquaritinga fica triste com a morte de Guilherme Mantese
06/07 - Maçons se despedem do benemérito Valter Bordinasso
06/07 - População sofre com falta d'água após queima de bombas em poços de captação
06/07 - DETRAN anuncia nova etapa da Lei do Desmonte
06/07 - Taquaritinga registra 5 casos de estupro e 4 roubos em maio
06/07 - Livros descartados em área rural são apreendidos pela Polícia Civil
06/07 - Pedágios da região de Taquaritinga sofreram reajuste médio de 5,32% esta semana
06/07 - Irmãos são presos acusados de vender drogas próximo da escola do Paraíso
06/07 - Carnaval Popular é incluído no Calendário de Eventos Turísticos do Estado
06/07 - Professores, policiais e condutores de ônibus também serão vacinados contra gripe
06/07 - Estevão é uma das joias do Sub17 do Comercial
06/07 - Vôlei da Melhor Idade perde no Festival Regional
06/07 - Os Bartira goleia e reassume liderança do Amador
06/07 - FUTEBOL AMADOR
06/07 - AS RUAS DE TAQUARITINGA: Milve Peria
06/07 - SENHORITA MATRACA
06/07 - Notas de falecimentos
06/07 - SERVOS DO SENHOR JESUS
06/07 - MENSAGEM ADVENTISTA
06/07 - MOMENTO DE LUZ: Aborto não realizado
06/07 - OLHO VIVO NA CIDADE - Por Aparecido Eduardo Ferreira
06/07 - OPINIÃO DO LEITOR

Webmaster mauromicalli - mem@intercanal.com.br
Tribuna Taquaritinga - ©Copyright 2001 - Todos os direitos reservados
Av. Dr. Francisco Arêa Leão, 1190 - Taquaritinga - SP - Fone (16) 3253-6128
http://www.tribunataquaritinga.com.br - tribuna@tribunataquaritinga.com.br